Candidaturas para o próximo programa terminam em Infinity dias!

Candidata-te

Junta-te a nossa rede de empreendedores!

Subscreve-te
Início\ Blog \ Dicas para reinventar o teu pequeno negócio
Dicas para reinventar o teu pequeno negócio
Escrito por: Frederica Cerqueira, Impulso
Data: 7/30/2021
imagem do post
círculo vermelhoestrela de 10 pontas cor-de-laranjaestrela de 20 pontas amarela

Na nossa missão de apoiar pequenos negócios temos vindo a contactar com empreendedores que sentem necessidade de ajustar a sua oferta por diferentes razões.

Com a crise pandémica e os desafios únicos que ela trouxe, chegamos a novos negócios através do movimento #compraaospequenos e fomos inspirados pelas incríveis formas como tantos reinventaram os seus negócios, a oferta, a forma de operar, o contacto com os clientes. Estas mudanças vieram, muitas vezes, de uma necessidade de sobreviver mas não deixaram de demonstrar muita criatividade e inovação. Com o exemplo de tantos, decidimos compilar algumas ideias para ajudar os empreendedores e pequenos proprietários a se reinventarem: seja para acompanharem as tendências de mercado, operarem dentro das restrições impostas ou encontrarem opções para diversificarem a oferta.

Eis algumas sugestões:

  • Vender online - nestes tempos parece uma opção óbvia mas não é fácil para todos. Na impossibilidade de criar um website com loja online, é possível criar lojas digitais em redes sociais como o Facebook e o Instagram, utilizar o e-mail marketing para promover as vendas ou ainda colocar os produtos ou serviços à venda em sites agregadores.
  • Prestar serviços remotamente - o que começou como uma adaptação de recurso às restrições mais apertadas depressa se tornou uma opção viável para muitos. Seja pela distância física ou incompatibilidades de horários, a verdade é que muitas pessoas encontram no digital a solução para terem acesso a serviços que antes lhes estavam vedados. Consultorias, aconselhamento ou consultas são alguns dos serviços que podem funcionar com sucesso neste formato.
  • Entregas ao domicílio - muitos são os que se renderam à conveniência das entregas em casa. Seja diretamente ou através de serviços de estafetas, ocasional ou regularmente, as entregas ao domicílio são uma opção cada vez mais procurada.
  • Manter a opção de take away - seja por razões de segurança ou conveniência, o take away continua a ser uma opção para várias pessoas. Engane-se quem acredita que esta opção só é válida para a restauração. Por exemplo, em mercearias ou lojas especializadas os clientes podem preferir esta opção ou a recolha no local pode mesmo ser um ponto de vantagem para quem vende online pois o cliente pode escolher poupar nos portes de envio.
  • Vender vouchers ou cartões de oferta - seja em serviços ou produtos, os vouchers ou cartões de oferta são uma óptima opção de ter. Podem ser criados para ofertas específicas (aquele serviço, cabaz de produtos, etc) ou enquanto valor a gastar numa compra. Independentemente do formato, esta é uma opção que muitas pessoas privilegiam, para apoiar os seus negócios favoritos ou oferecer presentes mais conscientes.
  • Criar ou manter uma versão digital dos serviços - nem todos os serviços podem ser transferidos para versão digital de forma simples. Por vezes, é necessário fazer grandes adaptações. Muitos já as fizeram por necessidade e, mesmo num mundo sem grandes restrições ao contacto, é importante manter estas opções. Haverá sempre (e cada vez mais) quem prefira fazer workshops, cursos ou aulas online e é importante que essas pessoas continuem a encontrar opções de qualidade.

Por vezes, mais do que reinventar o modelo de negócios ou a oferta, pode fazer sentido reinventar a forma como interagimos com os (potenciais) clientes.

Assim, aqui ficam algumas formas de os ajudar a desfrutar do tempo de forma criativa e que podem ajudar a captar novos clientes ou fidelizar os existentes:

  • Comunicar regularmente com os clientes via SMS, e-mail ou redes sociais (há uns tempos escrevemos um artigo sobre a importância do marketing digital para todos os negócios);
  • Oferecer masterclasses;
  • Lançar desafios em que os clientes participem e os levem a interagir com o negócio;
  • Criar conteúdos com novos formatos dentro e fora das redes sociais (e-mails temáticos, ebooks, podcasts…);
  • Disponibilizar ou comercializar recursos de DIY (faz por ti próprio) em que a pessoa faz os seus próprios produtos.

Quer tenhas percebido que precisas de ajuda para reinventar o teu negócio ou, mesmo não precisando, precisas de apoio para fazê-lo crescer, a Impulso está ao teu lado. Vê o trabalho que fazemos na Expansão ou entra em contacto para vermos como te podemos ajudar!

Participa na discussão
Este site utiliza cookies para assegurar a melhor experiência possível.Política de Privacidade e de Cookies